Egressos

        O Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos da Linguagem desenvolve atividades no campo da pesquisa e do ensino que visem a capacitar seus alunos de modo a se tornarem agentes sociais crítico-reflexivos, sobretudo no contexto profissional em que atuarem. O perfil do egresso deve, portanto, preencher as demandas de âmbito profissional e acadêmico, com foco nos tópicos seguintes: 1) Formação de excelência de mestres para atuarem no campo do ensino e em áreas interdisciplinares nas quais a linguagem seja a base constitutiva; 2) Embasamento teórico e metodológico no campo dos estudos da linguagem a fim de que os egressos ampliem suas propostas iniciais de pesquisa em projetos de doutoramento em outros programas de pós-graduação stricto sensu;  3) Constituição de pesquisadores reflexivos e críticos, capazes de (re)pensar problemas de ordem social e cultural e de sugerir mecanismos de intervenção cientificamente orientados; 4) Formação de pesquisadores atuantes, por meio de sua inserção plena na comunidade discursiva dos estudos da linguagem, que participem de eventos da área, no Brasil e no exterior, apresentando trabalhos e interagindo com os pares;  5) Formação de mestres com habilidades de escrita acadêmica satisfatórias, de modo a representarem a área e darem visibilidade ao Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos da Linguagem com a publicação de artigos, capítulos de livros e textos em anais de congressos, sobretudo em veículos de divulgação da ciência qualificados pela CAPES; 6) Formação de egressos capazes de constituir núcleos de estudos em suas esferas de atuação profissional, com o intuito de ampliar as redes de cooperação entre esses núcleos e o Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos da Linguagem.