Linha 2- Tradução e Práticas Discursivas

  A linha de pesquisa Tradução e Práticas Discursivas centraliza suas perquirições no estudo das práticas discursivas, dos seus processos de constituição e da tradução em contextos interculturais e em sistemas semióticos variados, tendo em vista suas múltiplas materializações, da produção à recepção. Contempla-se a tradução por meio da análise de modelos teóricos e de investigações empírico-experimentais, textuais e discursivas. Os processos de produção de textos e de recriação intra e interlinguística são compreendidos a partir da perspectiva da recepção e da contextualização da tarefa tradutória, propondo-se refletir sobre os aspectos cognitivos, textuais e/ou discursivos envolvidos nessa tarefa. A linha discute a compreensão e a produção da linguagem, em suas várias formas de apresentação, manifestas em seus gêneros textuais e em suas dimensões históricas. Também são considerados aspectos da produção e da recepção de enunciações linguísticas, literárias e artísticas, presentes em vários contextos de produção, sobre cujas bases as práticas discursivas têm caráter definidor.

Áreas afins: Teorias da Tradução; Tradução; Análise do Discurso; Prosódia e Discurso; Sociolinguística Interacional.

Professores: Adail Sebastião Rodrigues-Júnior, Alexandre Agnolon, Giácomo Patrocinio Figueredo, José Luiz Vila Real Gonçalves, Kassandra da Silva Muniz, Leandra Batista Antunes, Maria Clara Versiani Galery, Melliandro Mendes Galinari,  Paulo Henrique Aguiar Mendes, William Augusto Menezes.